Brasilian Music Treasure Hunt
-notes from a search for musical treasure from Brazil -a quest for insight and understanding with a tendency to lapse into compulsive shopping


links open windows




This page is powered by Blogger. Why isn't yours?





Subscribe with Bloglines


contact





home





2005-04-23
Samba & Choro:
Sítio oficial de Pixinguinha no ar
Está no ar o sítio oficial de Pixinguinha, totalmente dedicado os mestre maior da música brasileira. Gostei da seção de fotos, que infelizmente vêm sem legendas, e da biografia escrita por ninguém menos que Sérgio Cabral.

Folha Online:
Pianista tira do baú inéditas de Ary Barroso
Ao apresentar o recital "Ary Barroso Contemporâneo" no dia do centenário do compositor (7 de novembro de 2003), o pianista Hugo Braule não ganhou apenas um abraço emocionado de Mariúza Barroso, filha de Ary.
Milton Nascimento solta a voz na França
O cantor Milton Nascimento é uma das atrações deste final de semana na cidade de Paris, na França. Para sorte dos franceses, o brasileiro promete dois show diferentes.

Sovaco de Cobra:
Acordes pra Jacaré
A vida de um autêntico chorão caracteriza-se por carregar como sina a boa música, em quaisquer circunstâncias. Inclusive na hora da despedida. Jacaré, cavaquinista que recém deixou a música brasileira órfã de seus mágicos trêmolos, não poderia fugir à regra.

Correio da Bahia:
O suingue setentão de Toni Tornado
Documentário no Canal Brasil conta a história do artista que virou ídolo da black music no país

JB Online:
Como Pixinguinha e Benedito
Dupla tem repertório recuperado por Mário Sève e David Ganc em linguagem contemporânea
MPB na sala de concerto
Sob as batutas de Wagner Tiso e Nelson Ayres, série estimula renovação de público unindo popular e erudito

O Globo:
No CD 'Sujeito homem 2', Rappin' Hood dialoga com tradição da MPB
O disco tem, ali no início, Jair Rodrigues. Depois passa por Caetano Veloso, Arlindo Cruz, Gilberto Gil, Exaltasamba, Zélia Duncan, Dudu Nobre e fecha com Living Colour.
Rappin' Hood fala de alguns dos convidados especiais de seu disco
"'Rap du bom parte II' foi apresentada no show dos 450 anos de São Paulo. Eu e Caetano queríamos fazer algo juntos, escolhemos fazer um rap sobre 'Odara'. Quando acabou, ele disse: 'Temos que gravar'. Gravamos".
Série '7 X Bossa Nova' conta a história do movimento em sete programas
Se Tom Jobim e Vinícius de Moraes fossem vivos, seriam necessários pelo menos mais uns dez capítulos da série "7 X Bossa Nova" para satisfazer os saudosistas.
Eles falam sobre a Bossa Nova
Veja fotos da série

Diário do Nordeste:
Todas as medidas do funk
Em 2001, o CD “Bonde do Tigrão”, uma produção barata, que nem sequer trazia os nomes dos integrantes no encarte, atingiu a marca de 300 mil cópias vendidas. Uma mostra da força do funk, que ainda fez o Brasil cantar, até sem querer, refrões como “Só as cachorras: uh, uh, uh”, “Vou passar cerol na mão, pra te dar muita pressão” e “tá dominado, tá tudo dominado”. Um fenômeno musical que é descrito e analisado em “Batidão - uma história do funk”, do jornalista Sílvio Essinger
Musa da black-music
Bacharel em Direito, Paula Lima poderia estar reclusa em algum gabinete, seguindo uma trajetória diferente do canto. Treinada em piano clássico, tinha tudo para continuar na escola erudita, em oposição à black-music, sua marca registrada.

O Povo:
Diva da negritude brasileira
A cantora paulistana é a atração principal do projeto Identidade Brasileira, sábado e domingo no Circuito Cultural Banco do Brasil, que está acontecendo no Centro Dragão do Mar. Paula Lima se declara uma apaixonada pela negritude brasileira e promete mostrar músicas que estarão no seu terceiro CD