Brasilian Music Treasure Hunt
-notes from a search for musical treasure from Brazil -a quest for insight and understanding with a tendency to lapse into compulsive shopping


links open windows




This page is powered by Blogger. Why isn't yours?





Subscribe with Bloglines


contact





home





2004-02-11
Sovaco de Cobra:
Música Instrumental Comercial
Ao ler sobre o impressionante Herundy pensei rapidamente em algo extra-musical que liga três grandes violonistas que ganharam poustes por aqui: Índios Tabajara, Luiz Bonfá e Paulinho Nogueira.
Vitória brasileira no Grammy
O disco Obrigado Brazil, do violoncelista Yo-Yo Ma, venceu nas seguintes categorias: Best Classical Crossover Album, Best Engineered Album, Classical e Producer Of The Year, Classical.
Frevo Diabo
Em 9 de fevereiro é comemorado o dia do frevo. O termo é derivado do verbo "ferver", analogia que feita ao rápido ritmo pernambucano que esquenta e contagia quem estiver próximo, estimulando uma certa "frevura" no corpo das pessoas.

Eu canto samba:
Palácio Encantado (Jurandir da Mangueira / Irson Pinto)
Palácio Encantado, feito em 1953/54, foi o primeiro samba de Jurandir e seu passaporte para a ala de compositores da Mangueira.

Louco por Vinil:
IRMÃOS CORAGEM - PHILIPS (765.119) - 1970
Em 1970, o “milagre econômico” enchia os olhos dos consumidores de norte a sul e a televisão começava a fazer parte do dia a dia do povo. A novela já aglutinava o brasileiro em volta da sala.

Correio da Bahia:
Todos os pianos de Assis Brasil
Em "Todos os pianos" (inédito) e "Jazz Brasil" (primeiro solo), João Carlos Assis Brasil afirma sua essência musical: a mistura de gêneros

O Povo:
O pianista
O nome talvez não seja familiar ao grande público. Mas, para a crítica especializada, o pianista Gílson Peranzzetta é um verdadeiro mestre no que faz. Considerado um dos melhores arranjadores do mundo, ele trabalhou por vários anos com Ivan Lins, até optar por projetos solo.
Novidade retrô
No CD dos sambas de enredo do carnaval carioca de 2004, a novidade é o resgate de sambas consagrados que irão embalar o desfile de quatro escolas
Santo
Tremendão

O título do CD revela que o veterano do rock nacional confirma sua profissão de fé na música. Santa Música confirma a fase de plenitude de Erasmo com sua maturidade
Cordão do Boitatá
Formação surgida no burburinho do renascimento da Lapa, no Rio de Janeiro, o Cordão do Boitatá é formado por músicos da novíssima geração interessados em explorar a tradição da música brasileira, indo das valsas, choros, toadas, baiões e, é claro, o samba e suas formas antecessoras como o jongo, seja instrumental ou cantado.
Experiência instrumental
O quinteto cearense Somfusão apresenta-se hoje, às 19 horas, dentro da projeto ''Quarta Cultural''

Diário do Nordeste:
Folias e lamentos do ano inteiro
O balanço gostoso da tradição festiva brasileira, as mais cotidianas e aquelas com data certa para acontecer, vem encontrando no Cordão do Boitatá um de seus mais sólidos propagadores e renovadores.
Mercado despreza música erudita
Encontrar discos de música erudita nas lojas de qualquer cidade brasileira não é tarefa das mais fáceis. Mas se por sorte alguém encontrar na prateleira algum CD de música clássica em meio dos discos de axé, sertaneja, pagode e outros gêneros mais populares, vai pensar duas vezes antes de levar o achado para casa
Compositor é memória viva do baião
No final dos anos de 1950, o baião que era o ritmo da moda, passa a ser substituído pelo “Iê, Iê, Iê”, e pela Bossa Nova. O cantor Luís Gonzaga, que durante a década havia feito muito sucesso com as composições de Humberto Teixeira e Zé Dantas, entra em crise. Na época, Gonzagão pensava que era o fim de sua carreira artística e até gravou a música, “A hora do Adeus”.

JB Online:
Jane Duboc resgata velhas misturas
Cantora reedita 'Languidez', disco de sucesso nos anos 80, reunindo a nata da música instrumental brasileira

Gazeta do Povo:
Grupo carioca Cordão do Boitatá grava CD autoral
O trabalho mistura ritmos diversos como samba, choro, forró, frevo, maxixe e marchinha, entre outras boas manifestações ligadas à cultura brasileira.
Sandra de Sá grava primeiro álbum ao vivo
O álbum Música Preta Brasileira foi gravado nos dias 22 e 23 de outubro do ano passado, com lançamento em todo o país pela major Universal.

Gazeta de Alagoas:
A hora e a vez dos mestres
Beto Batera: inicialmente influenciado pelo rock, o baterista alagoano hoje excursiona pelos mais diversos gêneros, a exemplo do jazz, do fusion e da MPB

O Popular:
Guerrilha poético-musical
Léo Pereira e Dênio de Paula lançam selo e manifesto pregando integração, resgate cultural e ativismo social
MEMORÁVEL SAMBA - Marcos Sacramento (Biscoito Fino)
O samba dos anos 30 e 40 ganha aqui uma homenagem revigorante.

O Tempo:
Nas cordas do samba
Na década de 70, Rildo Hora e Ivan Paulo eram diretores musicais onipresentes nos discos de samba. Na última década, um novo nome vem "roubando" a cena: Paulão Sete Cordas. Pouco conhecido do grande público, Paulo Roberto Pereira de Araújo, 55, tem sido responsável pela direção musical de ótimos discos de samba que têm chegado (ou vão chegar) ao mercado.
Marku Ribas se prepara para novo CD
Não é de hoje que o produtor e guitarrista Eduardo Bid, integrante do Funk Como Le Gusta, e Marku Ribas vêm trocando figurinhas com vistas à gravação de um novo disco de inéditas deste último. Outro nomes, como Ed Motta e Max de Castro, também estiveram, direta ou indiretamente, envolvidos nessa história.

Digestivo Cultural:
Cancioneiro Vinicius de Moraes: Orfeu - Jobim Music
Vinicius de Moraes não conhecia ainda Tom Jobim quando resolveu passar uma temporada na casa de um amigo, no Rio, e, folheando uma obra sobre o mito grego de Orfeu, teve um estalo. Da noite para o dia, redigiu o primeiro ato do seu “Orfeu da Conceição” (1943, título posteriormente sugerido pelo poeta João Cabral de Mello Neto).

Samba & Choro:
Textos sobre samba e choro no sítio Officina do Pensamento
Nosso amigo Daniel Brazil deu a dica de um artigo seu no sítio Officina do Pensamento. Aproveito para dar vários links de uma vez, já que há vários artigos interessantes.

Alô Música:
Chico Buarque, meu caro amigo
Quando Chico Buarque divulgou para o mundo "meu caro amigo", os brasileiros sofríamos o ano de 1976.....não é isso. Que começo mais triste e medíocre para estas linhas!

Barão em Revista

Cultura e Mercado
Pena mínima por pirataria deve subir de um para dois anos
Deputado Julio Lopes(PPB-RJ) pretende alterar legislação dos direitos autorais; uma das propostas é de que todo material pirata apreendido seja doado à instituições filantrópicas