Brasilian Music Treasure Hunt
-notes from a search for musical treasure from Brazil -a quest for insight and understanding with a tendency to lapse into compulsive shopping


links open windows




This page is powered by Blogger. Why isn't yours?





Subscribe with Bloglines


contact





home





2004-02-27
now playing: MARACATU PORTO RICO - NO BAQUE DAS ONDAS

Diário do Nordeste:
Paixão no peito
O universal, via regional. Assim se pode sintetizar a trajetória musical do gaúcho Renato Borghetti, que, nascido e criado em meio às tradições nativistas do Rio Grande do Sul, tornou-se o primeiro artista independente a ganhar um disco de ouro no Brasil, fazendo música instrumental.
A tradição renovada
Borghetti — O diferencial que eu noto é que, talvez a exemplo da Bahia, o pessoal no Rio Grande, além de todas as influências que vêm do Brasil inteiro e da música de fora, tem também um nicho, uma coisa muito forte ali, da cultura regional. Assim como na Bahia, que também tem muito disso, tem artistas que são da Bahia que vendem muito lá, mas que são desconhecidos em outros estados do próprio Nordeste.

O Povo:
Trio elétrico
O Festival de Jazz & Blues de Guaramiranga chega a Fortaleza. De hoje até sábado, 28, apresentam-se no anfiteatro do Centro Dragão do Mar artistas como Gilson Peranzetta, Sérgio Duarte e as canadenses do Without Words.

Verdes Mares:
Pingo de Fortaleza
As manifestações do movimento secundarista e universitário do Ceará marcaram o início da carreira de José Wanderley Roberto Militão, o Pingo de Fortaleza. O encanto pelas lutas populares nordestinas parece ter aflorado a paixão pelo Movimento de Canudos, que abriu os caminhos para a carreira do músico.
Calé Alencar
São mais de 50 discos produzidos e uma carreira de mais de 20 anos. Calé Alencar é cantor, compositor, produtor, empresário, pesquisador da cultura popular cearense, um dos maiores divulgadores dessa vertente em todo o país e o atual presidente da Federação das Agremiações Carnavalescas, tendo um trabalho de apoio constante aos Maracatus de Fortaleza.

JB Online:
Eliscóptero e o maestro
Estamos falando da primeira superprodução de nossa indústria fonográfica, que reuniu uma artista que se tornaria mito e um artista já considerado, nos anos 70, gênio da raça brasileira. Estamos falando da gaúcha Elis Regina Carvalho Costa e do carioca Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim. De Elis e Tom.

JC Online
Percussionistas em reunião
Olinda recebe, amanhã à tarde, um encontro de batuqueiros da Cidade Patrimônio

Hora do Povo:
Império de Silas enche de brasilidade e emoção o coração da Sapucaí