Brasilian Music Treasure Hunt
-notes from a search for musical treasure from Brazil -a quest for insight and understanding with a tendency to lapse into compulsive shopping


links open windows




This page is powered by Blogger. Why isn't yours?





Subscribe with Bloglines


contact





home





2003-07-27
now playing: Claudia Villela & Ricardo Peixoto - Inverse Universe

O Tempo:
Jards comemora os 60 com CD novo
Nos anos que completou 60 anos (no dia 3 de março), Jards Macalé lança um novo CD. "Amor, Ordem & Progresso", em que regrava autorais ("Amo Tanto" e "Meu Amor me Agarra & Geme & Treme & Chora & Mata") e clássicos da música brasileira ("Consolação", "Manhã de Carnaval", "Positivismo"), não é só um álbum fonográfico, mas uma espécie de campanha do compositor para que se inclua na bandeira nacional, ao lado de "ordem e progresso", a palavra "amor".
Macalé diz ser o único não anistiado
"Amor, Ordem & Progresso" é dedicado ao parceiro Waly Salomão, com quem fez, entre outras, "Vapor Barato" e "Mal Secreto". "O Waly faz uma falta... O discurso vivo dele, brilhante sempre, aquela boca enorme... Ele falava pela cabeça e pelos cotovelos. Fizemos alguns espetáculos, onde ele lia suas poesias intercalando comigo, cantando nossas músicas", lembra.

Diário do Nordeste:
As canções de Canção do Amor Demais
Um dos maiores clássicos da MPB, “Canção do Amor Demais” é recriado pela cantora carioca Olivia Byington. Originalmente lançado em 1958, pelo selo Festa, o disco trazia a “divina” Elizeth Cardoso dando voz à poesia e à música de Tom Jobim e Vinicius de Moraes.
“A verdadeira linguagem”
A nova versão de “Canção do Amor Demais” reproduz texto escrito para o LP original, por Vinicius de Moraes. No seguinte excerto, o Poetinha fala de sua relação com a música popular e sobre seu processo de composição com o parceiro Tom Jobim.

JC Online:
À prova da memória brasileira
Lançamentos de três CDs e um DVD com releituras e resgates de trechos da obra de Tom Jobim mostram que o povo brasileiro não é tão desmemoriado quanto se diz
No Tom de uma orquestra sinfônica
Para muitos admiradores, Tom Jobim foi um compositor erudito que caiu no popular.

Correio da Bahia:
A parada de Lucas Santtana
O compositor Lucas Santtana lança o segundo CD, o bom "Parada de Lucas": batuque eletrônico influenciado pela estética de subúrbio

Correio Popular:
‘Culpa’ das grandes gravadoras
Sem abraçar a diversidade e a originalidade da produção musical no Brasil na última década, as grandes gravadoras motivaram, sem querer, o surgimento de um mercado alternativo representado com categoria pelos selos (pequenas gravadoras).

CliqueMusic:
Gal Costa grava repertório selecionado por fãs
Disco de estréia da cantora pela gravadora Indie terá clássicos da MPB escolhidos pelo público, através de concurso

Jornal da Tarde:
O velho filme do ranzinza João Gilberto
Ingressos esgotados com meses de antecedência. Mais de 17 mil pessoas cheias de expectativa. Tais são os conhecidos ingredientes para uma apresentação de João Gilberto. E, claro, muita reclamação do cantor quando o show começa.

U-Redlands Daily Facts:
Gilberto's still the bossa but not in full command
The choice by Brazilian bossa nova legend Joao Gilberto of the Gershwins' " 'S Wonderful' for his final song at the Hollywood Bowl on Wednesday night was -- if nothing else -- ironic.

Arte Musical:
"Pra um moleque": um belo trabalho de Ronaldo Garcia
O cantor, compositor e violonista Ronaldo Garcia lançou, em 82, "Pra um moleque", álbum que traz canções suas, como Pra um moleque, Moinho, Na trilha do som, Menina de Minas, Janaína, Salve os quarenta, O lado bom e Largo ao sol.

EuroPundits:
MARXIST FAMILY SECRETS
Brazil’s singularity was, at that very time, a lack of good drama, movies and novels. These are usually the vehicles through which a society’s dilemmas and problems tend to be presented to and discussed by a wider audience. In their absence, MPB was kind of forced to perform that role and in this it was helped along by the work of a brilliant generation, that of Vinicius de Moraes, Tom Jobim and Joao Gilberto.