Brasilian Music Treasure Hunt
-notes from a search for musical treasure from Brazil -a quest for insight and understanding with a tendency to lapse into compulsive shopping


links open windows




This page is powered by Blogger. Why isn't yours?





Subscribe with Bloglines


contact





home





2003-06-01
O Povo:
O primeiro pau-de-arara
Da casa dos pais, no Bairro de Fátima, para o apê dos 'cangaceiros', no Rio de Janeiro. Raimundo Fagner Cândido Lopes deixou Fortaleza em 1970 para ganhar o país no gogó. Trinta anos após o lançamento de Manera Frufru Manera, primeiro vinil, familiares e amigos contam sobre o artista antes da fama

JB Online:
O bom samba de todas as classes
Mais quatro discos de samba de qualidade demonstram que, no velho gênero, artesãos de diferentes origens convivem democraticamente.

O Globo:
A alma de Chediak
Todo amador que tocou violão nos anos 70 foi rato de “Vigu”. “Vigu” é a abreviação de “Violão e Guitarra”, uma série de revistinhas que, até uns 25 anos atrás, era o must das cifras. “Cifra”, em música, é um código de leitura imediata de acordes, que dispensa a partitura e permite que a gente toque o acompanhamento em violão, piano e outros instrumentos de harmonia, desde que conheça a melodia da composição.

Correio da Bahia:
Caranguejos em festa
Movimento de renovação pop nacional, o Mangue Beat comemora dez anos com série de eventos na capital pernambucana

Estadão:
Um livro sobre os grandes festivais
O pesquisador Zuza Homem de Mello lança o primeiro estudo não-acadêmico que examina a relação entre a produção musical brasileira dos anos 60 e 70 e a situação política da época
Dom Salvador reencontra hoje público de SP
Pianista brasileiro radicado em Nova York é a grande atração hoje, última noite do Chivas Jazz Festival

Correio Braziliense:
Os festivais segundo Zuza Homem de Mello
O segundo Festival da Música Popular Brasileira, organizado pela TV Record em 1965, terminou empatado: em primeiro lugar, a toada Disparada, de Théo de Barros e Geraldo Vandré, interpretada por Jair Rodrigues, e a marchinha A banda, de Chico Buarque, defendida pelo autor a duas vozes com Nara Leão.

Diário de S. Paulo:
Chico Buarque no feminino
Nove cantoras mostram a aptidão do músico em compor para o sexo oposto. Ana Carolina, Elba, Zélia Duncan e Zizi Possi estão no elenco