Brasilian Music Treasure Hunt
-notes from a search for musical treasure from Brazil -a quest for insight and understanding with a tendency to lapse into compulsive shopping


links open windows




This page is powered by Blogger. Why isn't yours?





Subscribe with Bloglines


contact





home





2003-06-30
now playing: Meirelles e os Copa 5 - Samba Jazz!!

Estadão:
Miguel Cidras, o George Martin de Raul, faz 67 anos
Em meados dos anos 80, quando mais uma vez tentava colocar sua conturbada carreira nos trilhos, Raul Seixas convidou um antigo amigo para ser seu empresário. "Venha ser o meu coronel Tom Parker", disse a Miguel Cidras, referindo-se ao lendário empresário de Elvis Presley.

O Tempo:
Doze pérolas renovadas da tradição
No verso do encarte deste disco, diz-se que os dois artistas são pernambucanos exilados; ele, o violonista, em São Paulo; ela, a cantora, na França. Mas, por tanto mais, "Teca Calazans & Heraldo do Monte" (Kuarup Discos) é uma gravação que poderá ser ouvida como álbum de canções do exílio para quem quer que seja que guarda na sua memória afetiva o retrato idílico de um país que mantém uma deslumbrante tradição musical.

Gazeta do Povo:
Prepare de novo o seu coração
O pesquisador Zuza Homem de Mello lança livro revelador sobre a era dos festivais da canção

O Globo:
Música contra o apartheid social brasileiro
Caetano Veloso abre a porta e toma um susto: ouve uma de suas canções mais íntimas, “Mãe” — que de tão íntima ele nem teve a certeza de que deveria gravar — cantada de forma sentida e respeitosa por Fernando Mendes, compositor de clássicos bregas como “Cadeira de rodas”.
Caetano quer ‘complexificar critérios’
Fernando Mendes compôs e gravou “Você não me ensinou a te esquecer” em 1979, na época em que seguia os passos românticos do rei Roberto Carlos.
A letra da canção
Os ‘bregas’ de Caetano