Brasilian Music Treasure Hunt
-notes from a search for musical treasure from Brazil -a quest for insight and understanding with a tendency to lapse into compulsive shopping


links open windows




This page is powered by Blogger. Why isn't yours?





Subscribe with Bloglines


contact





home





2001-10-06
A Tarde:
Revoada sonora
Titãs, Bethânia, Marina e Lobão são alguns dos artistas que tentam escapar do esquema puramente comercial das grandes gravadoras.
Mapa do cancioneiro
O Itaú Cultural traça um panorama de tendências e vertentes musicais do País na série Cartografia Musical Brasileira.
Pérola -
Para que a coleção Cartografia Musical Brasileira chegasse ao mercado, o programa Rumos Itaú Cultural, que mapeia a produção musical brasileira, dividiu o Brasil em 10 regiões e contou com uma equipe de 30 curadores - entre músicos, produtores e jornalistas - para receber músicas e históricos de 1.712 artistas.

Cultura-e:
Aracy de Almeida
Nesta crônica, publicada na revista Manchete no início da década de 1950 e republicada na livro Pernoite, pela Martins Fontes/Funarte em 1989, o poeta, compositor e cronista Antônio Maria apresenta a cantora e amiga Aracy de Almeida.
Aracy: "O Samba em Pessoa"
Há várias razões para considerarmos Aracy de Almeida a melhor intérprete do samba carioca desde os anos 30 até pelo menos os anos 50, mesmo tendo "rivais" como Carmen Miranda, Marília Baptista e Aracy Cortes.
Aracy de Almeida
Em 1951 a gravadora Continental lançou um álbum triplo de LPs com canções de Noel Rosa interpretadas por Aracy de Almeida. A edição, luxuosa, trazia na capa uma obra de Di Cavalcanti, e a cantora era apresentada ao público por Fernando Lobo. Eis o texto.
Chico Buarque: de Julinho da Adelaide a Zuzu Angel
A censura viveu nos calcanhares de Chico Buarque durante todo o regime militar. De três músicas suas, duas eram censuradas. Para driblar a "tesoura", Chico chegou a criar um pseudônimo: Julinho da Adelaide
A censora que calou Chico Buarque

JC Online:
Ouro Negro não brilha em casa
O pernambucano Moacir Santos, que faz sucesso nos Estados Unidos, vem ao Brasil ser homenageado pelo Free Jazz, mas não por sua terra natal
Músico foi homenageado desde primeiro Free Jazz
Descoberto nos EUA pelo célebre pianista Horace Silver, Moacir Santos gravou quatro álbuns: The Maestro (1971), Saudade (1973) e Carnival of Spirits (1975), para o selo Blue Note; e Opus 12 nº1, pelo Discovery - todos, infelizmente, inéditos em CD.
Dia do Compositor pode ser festejado pela nova geração
O álbum Ouro Negro, com composições de Moacir Santos, é a obra máxima de um compositor consagrado. Porém, pouco da sua obra havia sido registrada no Brasil, apesar de atuar por várias décadas como músico profissional e compor suas próprias obras.
Silvério garante que tem seus direitos assegurados
O músico Silvério Pessoa é um dos autores pernambucanos que afirmam não ter problemas com as garantias de seus direitos como compositor. Ou quase.

GloboNews:
Guarnieri revê suas posições políticas em musical
O autor de "Eles não usam black-tie", pioneiro em levar ao teatro a luta de operários brasileiros, Gianfrancesco Guarnieri está retornando ao teatro político depois de longa ausência se dedicando quase exclusivamente à carreira de ator. A nova peça de Guarnieri, "A luta secreta de Maria da Encarnação", estréia em São Paulo no dia 6 de novembro, no Teatro Sérgio Cardoso, sob direção de Marcus Vinícius Faustini e tem como protagonista a atriz Sueli Franco.
Trecho inédito da peça de Gianfrancesco Guarnieri

Terra:
Solistas brasileiros interpretam Nino Rota
O músico que melhor traduziu em sons as imagens do cinema recebe uma homenagem no ano de seu 90º aniversário com a interpretação de suas composições por instrumentistas brasileiros. "Quando pensei no disco ficava imaginando o Nino Rota andando pelo Brasil, da fronteira com o Uruguai às praias do Nordeste", diz J.C. Botezelli, o Pelão, responsável por inúmeros projetos com a música brasileira, como as produções dos discos de Cartola e Adoniran Barbosa, e, o mais recente deles, os livros e as caixas de CDs da série A Música Brasileira deste Século por seus Autores e Intérpretes. "Escolhi o Nino Rota porque ele é o mais brasileiro dos compositores italianos."