Brasilian Music Treasure Hunt
-notes from a search for musical treasure from Brazil -a quest for insight and understanding with a tendency to lapse into compulsive shopping


links open windows




This page is powered by Blogger. Why isn't yours?





Subscribe with Bloglines


contact





home





2001-08-15
Valor Econômico:
A grande dama do samba parte para conquistar o mundo
Com 53 anos de carreira, Dona Ivone Lara vai ganhar dimensão internacional.

O Estado de S. Paulo:
Quatro damas da canção brasileira lançam disco
São elas Nana Caymmi (Desejo, Alaíde Costa, (Rasguei minha Fantasia), Dona Ivone Lara (Nasci Pra Sonhar e Cantar) e Gal Costa (De Tantos Amores)
A Volta Feliz de Dona Ivone
Dona Ivone Lara é a maior melodista da história do samba. Délcio Carvalho, o mais habitual de seus parceiros, conta que fez Sonho Meu usando a introdução - a introdução! - de uma outra música da grande dama. Dona Ivone iniciou-se no samba ainda menina, mas profissional, mesmo, só foi ser depois dos 50 anos. Gravou alguns discos preciosos e caiu no ostracismo a que a indústria fonográfica relegou, com desprezo de desmezelo, a partir dos anos 80, os criadores de qualidade.
A Nobreza de Alaíde
Cantoras donas de muita técnica, se põem a técnica à frente do canto, costumam soar parecidas - e raramente são agradáveis de se ouvir. Não acontece isso com Nana Caymmi, ou com Alaíde Costa, duas das vozes mais perfeitas de todos os tempos. Elas não poderiam ser mais diferentes: o que tem Nana de arrebatada, tem Alaíde de contida; a exuberância daquela é o oposto quase perfeito do preciosismo delicado desta.
A Exuberância de Nana
Nana Caymmi diz que não sai por aí procurando canções de amor desesperado para gravar. São elas, as canções, que a encontram. Caem-lhe no colo. Alguém, em algum lugar, compõe uma música tristíssima e diz: "Vou mandar para a Nana." É ela quem faz a piada. Dá gargalhadas quando a relembra. Mas grava as canções. É dona do mais dolorido repertório da música brasileira.
Os Exageros de Gal
Desde O Sorriso do Gato de Alice, há coisa de quase dez anos, Gal Costa não faz um disco à altura de seu talento, digno da beleza de sua voz.

O Globo:
Camunguelo
Flautista, versador e andarilho do samba carioca começa a ser reconhecido para além das rodas
Uma pequena notável enriquecida pelo ‘nonsense’
Carmen Miranda by Dussek: A oportuna volta de um alegre show de bolso

no.com.br : Discos : Antologia de MPN
"Música-para-Nana-Caymmi", a MPN, é o subgênero da MPB que faz de "Desejo" um disco muito aquém da maior cantora brasileira.
no.com.br : Discos : A porção mais pop do ex-titã
Produzido por Carlinhos Brown, Arnaldo Antunes lança novo disco. "Paradeiro" tem participação de Marisa Monte, releitura equivocada para "Exagerado", de Cazuza, e flertes com a timbalada.

iG - Espetáculo Luz das Cordas une sonoridade do violão à do bandolim
Os músicos Hamilton de Holanda e Marco Pereira se apresentam nos dias 13 e 14 de agosto, na Funarte, no centro do Rio, com o espetáculo "Luz das Cordas".

Folha Online - Ilustrada - Crítica - Arnaldo Antunes consuma afinidade com Brown
Vem de longe a parceria musical entre o paulista Arnaldo Antunes, 40, e o baiano Carlinhos Brown, 36. Mas "Paradeiro", quinto álbum solo de Antunes, é que marca a consumação da afinidade. Brown, além de co-autor de três faixas, é produtor do disco todo, com o paulista Alê Siqueira.

somlivre.com: Elton Medeiros - entrevista